... na busca dessa famigerada raça chamada Jornalistas 2.0 em Portugal
20
Dez 09

Apesar do "exíliO" a que me votei nas últimas semanas, estas não deixaram contudo de dar alguns frutos ao nível do mestrado. isto porque, algures neste caminho, eu percebi que o meu tema (utilização  dos media sociais pelos jornalistas portugueses), apesar de gerar um interesse cresrente junto de académicos  e profissionais ligados à área, está ainda muito pouco explorado em trabalhos de investigação "pura e dura".

 

Vai daí, decidi avançar com a realização de entrevistas explorarórias  a especialistas na área dos media sociais, cujo contributo pudesser ser utilizado  no enquandramento teórico. Sustentados num conjunto de perguntas fechadas (logo, mais fáceis de analisar) e aplicadas, na maioria dos casos, por correio electrónico, estes contactos tiveram como preocupação, desde logo, chegar a uma definição clara e reflectida de “media sociais”, partindo depois para questões que tocam necessariamente a ligação entre aqueles e o universo do jornalismo (vantagens e desafios ao nível da utilização destas ferramentas, questões éticas relacionadas, regulação da presenaç dos jornalistas na Web 2.0  por parte dos media, etc). Tal como sugerem Quivy & Campenhoudt (2003), estas entrevistas basearam-se num conjunto reduzido de perguntas, de forma a evitar respostas demasiado precisas, impedindo assim o entrevisatado de “comunicar o mais fundo do seu pensamento e da sua experiência”.

De forma a garantir a recolha de contributos com perspectivas diversificadas, optou-se por abarcar especialistas – não obrigatoriamente investigadores - de áreas também elas diversas (marketing, jornalismo, blogosfera, etc) e que fossem consideradas pertinentes na lógica multidisciplinar que abarca os media sociais. Entre os nomes que se predispuseram a colaborar nesta investigação, temos

 

- António Granado , professor de Jornalismo na Universidade de Lisboa, blooger (autor e gestor do “Ponto Media), jornalista e editor do Público.pt - contacto realizado presencialmente | respostas recebidas;

 

- Dan Gillmor , ex-jornalista, director do Knight Center for Digital Media Entrepreneurship da Walter Cronkite School of Journalism and Mass Communication (Arizona State University’), director do Center for Citizen Media, autor da obra seminal na área do Jornalismo Participativo: “We the Media: Grassroots Journalism by the People, for the People” – contacto realizado por e-mail | à espera das respostas;


- Kevin Anderson , jornalista norte-americano, actual editor de blogues do jornal “Guardian” (Guardian.co.uk). Foi o primeiro jornalista online da BBC a trabalhar fora do Reino Unido.– contacto realizado por e-mail | respostas recebidas.


- Paul Bradshaw , jornalista britânico, fundador e editor do Online journalism Blog,  (considerado o melhor blogue de jornalismo do Reino Unido), consultor oara a área dos média, director do curso de MA Online Journalism da School of Media da Universidade de Birmingham e fudnador da plataforma Help Me Investigate – contacto realizado por e-mail | à espera das respostas;


- Paul Gillin , ex-jornalista, especialista em media sociais/social media na óptica do Marketing, investigador e membro da Society for New Communications Research, director do cluster de social media do Massachusetts Technology Leadership Council, autor do livro “The New Influencers” – contacto realizado por e-mail | respostas recebidas.

 

Nos próximos posts, ireia apresentar a versão integral de alguams destas entrevistas. Apesar de saber queo blogue não entrará provavelmente na minha avaliaça~, não poderia deixar de partihlar um conjunto de testemunhos que acredito poderem suscitar o interesse de todso os colegas.
 


mais sobre mim
Tema do Projecto
JORNALISTAS 2.0: PROBLEMA OU OPORTUNIDADE NAS REDACÇÕES DA IMPRENSA DIÁRIA PORTUGUESA? (ainda em estudo. queria usar a palavra conversação algures...)
Autor
Tiago J. Reis
Âmbito
Mestrado em Comunicação Multimédia | Multimédia Interactivo pela Universidade de Aveiro
Ano Lectivo
2009/2010
Orientadora
Lídia Oliveira Hélder Bastos (co-orientador)
pesquisar blog
 
comentários recentes
Olá professor,Obrigado pelas informações. O cenári...
Olá Tiago. A data alternativa a 20 de Janeiro é na...
Eis algo que pode dar jeito: O projecto Beamups (w...
Sim, bastante pertinente para quem está a estudar ...
Concordo com a Teresa. Por acaso essa apresentação...
Esta apresentação está muito interessante: ilustra...
Na 2ª feira eu pergunto ao segurança.
Não dei conta, mas se entretanto ninguém a encontr...
Viva Tiago :PÉ só para te dizer que o I am Erasmus...
Guiei-me pela questão que tens ali ao cantinho, so...
blogs SAPO